Roteiro pela região Sul e Uruguai para noivos viajantes

Olá pessoal!!!

Hoje trago para vocês minha experiência de viagem pela região Sul do país, incluindo alguns lugares no Uruguai, vislumbrando cenários incríveis e super divertidos que certamente irão impressionar e proporcionar lembranças maravilhosas para a vida. Inspire Seu casamento passeou por São Lourenço do Sul, Chuy, Punta Del Diablo, Gramado, Canela e Nova Petropólis em apenas 05 (cinco) dias. Acreditam? Pois é, tudo isso em poucos dias, resultando em fotos sensacionais, boa comida, boa risadas, boa companhias, e muita saudade de uma região rica em pontos turísticos e de histórias belissímas.

Iremos contar nosso roteiro em detalhes desde a nossa preparação até o retorno, justamente para inspirar principalmente os noivos que desejam uma lua de mel na região Sul, podendo esticar o passeio ate o Uruguai. Um detalhe importante: a grande sacada desse roteiro é que os noivos podem avaliar o roteiro e viajar exatamente como fizemos, ou refazer o roteiro incluindo apenas as cidades preferidas. Podemos antecipar que todas valem cada centavo gasto.

Nós adoramos pisar um pouquinho em cada uma das cidades incluídas no roteiro, mesmo sendo uma viagem corrida, já que pelo valor gasto compensou aproveitar o máximo de cada uma. Todavia, os noivos podem, por exemplo, escolher apenas Gramado e passar uma temporada de lua de mel em uma cidade que parece cinematográfica, ou ir a Punta Del Diablo e aproveitar um pouco do litoral Uruguaio num clima bastante caliente. Vamos iniciar o roteiro? Esperamos que curtam nosso post e que ele seja inspirador para suas próximas férias ou lua de mel.

Escolha do Roteiro

Primeiramente, é preciso ressaltar que torna-se extremamente vantajoso viajar em grupo, sendo perfeito grupo de 04 pessoas, pois as despesas com hotel, casa, hostel, aluguel de carro, combustível, comida serão infinitamente menores. Nosso roteiro teve como prioridade conhecer um pouco do litoral sul e serra gaúcha, o que possibilitou uma visita rápida ao Uruguai, onde nos deparamos com impressionantes cenários. Para isso, reservamos 05 dias para a viagem que durou de 26 a 31 de janeiro de 2018.

Nosso voo saiu do Rio de Janeiro com destino a Porto Alegre, mas antes fez uma conexão no aeroporto de Congonhas em São Paulo. Em terras gaúchas, pegamos nosso veículo modelo Moby Drive que haviámos alugado antecipadamente na empresa Unidas.

Para ficarmos mais próximos do litoral do Rio Grande do Sul e do Uruguai, escolhemos a cidade de São Lourenço do Sul para uma hospedagem de 02 dias (26 de jan a 28 de jan). O município de São Lourenço do Sul, com aproximadamente 45.000 habitantes fica a 203 km de Porto Alegre, carinhosamente denominada de cidade dos aposentados, teve sua origem no século XVIII, quando a coroa portuguesa distribuiu terras nas margens da Lagoa dos Patos a militares que se destacaram nas guerras contra os espanhóis.

Os proprietários construiram capelas em devoção aos seus santos prediletos. Em 1807, os moradores da Fazenda do Boqueirão construíram a capela de Nossa Senhora da Conceição, ao redor da qual desenvolveu-se o povoado que é o berço do município. Em 1830, o povoado da Fazenda do Boqueirão, foi elevado à Freguesia, por Dom Pedro I, sendo desmembrado da Vila de Rio Grande e incorporado à Vila de São Francisco de Paula, atual Pelotas.

Esses acontecimentos são mantidos vivos na memória da cidade e preservados para a posteridade. É com esse espírito que São Lourenço escreve sua história, com muito respeito ao que passou e ávida por novas conquistas.

Praias

As praias de São Lourenço do Sul são de água doce, à beira da Lagoa dos Patos. São cinco quilômetros de orla com ondas cristalinas e rasas à sombra de plátanos, figueiras e coqueiros. As principais são a praia das Ondinas ou praia das Mães, a praia da Barrinha, e a praia das Nereidas ou praia das Crianças.

Lagoa dos Patos
Lagoa dos Patos

Aluguel de Casa ou Hotel?

Decidimos alugar uma casa em São Lourenço do Sul, objetivando diminuir o custo de hospedagem, além de proporcionar mais privacidade e liberdade de locomoção. Com isso, compramos alguns itens alimentícios no mercado do município para prepararmos em casa, evitando assim, o custo com restaurantes.

Fomos muito felizes em optar pela hospedagem em uma das casas do Recanto Paraíso. São 06 casas no total, de 1 e 2 quartos, lugar para 4 e 6 pessoas, com todo conforto, a 25 m da água da praia (lagoa dos Patos), ar condicionado, todos utensílios de cozinha (micro-ondas, torradeiras, liquidificador, louças para 6 pessoas, cafeteira e muito mais), tv, wifi, vaga para carro em cada casa, churrasqueiras privativas, Confira as fotos abaixo e reserve já! (53) 9 91381448 e (53) 32515732.

 

São Lourenço do Sul

A Capture Produções leva você até a cidade de São Lourenço do Sul

Publicado por Capture Produções em Quarta-feira, 3 de janeiro de 2018

 

Chegamos em São Lourenço do Sul por volta das 14:00 do dia 26/01/2018 e o dia estava ensolarado e com muito vento. Após o check-in, aproveitamos para conhecer os bares, restaurantes, mercados e padarias para comermos alguma coisa, mas acabamos comprando alguns itens e preparamos em casa mais tarde. Deixamos as compras em casa, colocamos roupas de praia e fomos conhecer a orla. Próximo à casa, há bares e kiosques, além de muitas barraquinhas com comidas típicas e artesanatos. No final do passeio, resolvemos mergulhar nas águas doces da Lagoa dos Patos e ficamos por lá até às 20:00, já que a água estava com uma temperatura morna sensacional.

Para quem gosta de praia, lagoa, sol e água fresca, é melhor reservar de dois a três dias para aproveitar o máximo desse paraíso no litoral do Sul do Brasil.

Chuí (Chuy) e Punta Del Diablo

Como nosso foco era conhecer o máximo de lugares possíveis, fomos dormir cedo, já que no dia seguinte viajamos para o Chuí (Chuy) e Punta del Diablo. O trajeto até Chuí (Chuy) é de aproximadamento 345 km, num total de 4 horas de viagem. Para não perdermos tempo, acordamos às 05:00 da manhã e saímos às 05:30, chegando em nosso destino às 09:30. O comércio de Chuí (Chuy) é dividido pela Avenida Brasil, sendo um lado brasileiro e o outro uruguaio.

Não tente se hospedar lá se você está querendo economizar, pois é caríssimo se hospedar em um lugar razoável no Chuí tanto do lado brasileiro quanto do lado uruguaio (Chuy). Os hotéis não são muito confortáveis e de boa qualidade.

Algumas lojas são famosas como a Neutral Free Shop e Duty Free DFA Américas, dentre inúmeras para quem deseja comprar cosméticos, bebidas, roupas etc.

Após nosso passeio pelas lojas, decidimos conhecer dois lugares fantásticos no Uruguai, sendo o primeiro chamado de Forte de Santa Teresa. O Forte de Santa Teresa começou como português e logo depois foi dominado pelos espanhóis. A construção original é de 1762 e foi toda reformada em 1927 e agora abriga um museu simples, que conta um pouco da história do lugar. O preço do ingresso custa R$ 6,00 (baratíssimo) e o lugar é incrível, dentro do parque nacional, com prossibilidade de camping e visitação às praias. A construção é super bem conservada, dando a sensação que o visitante foi teletransportado pra outro lugar em uma outra época.

O horário de visitação é de 09:00 às 17:00 e o mapa abaixo mostra um pouco das atrações que você aproveitar dentre desse incrível parque.

 

Punta Del Diablo

Após esse passeio maravilhoso, continuamos nossa viagem rumo à Punta Del Diablo. A distância é de aproximadamente 12km, cerca de 16 minutos até o vilarejo.

A vibe de Punta del Diablo é altíssima, com pessoas bem receptivas, cidade muito tranquila, cheia de gringos, inclusive notei que tudo é muito simples, mas para quem busca paz, não há lugar melhor. O lema de Punta Del Diablo é: menos é mais!!! Não há muito o que fazer, mas os bares, a comida e praia já tornam o lugar inesquecível com retorno garantido.

Leve Dinheiro

Não achamos caixas eletrônicos e a maioria dos lugares não aceitam cartão, por isso leve dinheiro. Nos antecipamos e retiramos em Chuy, lugar mais próximo para conseguir dinheiro. Outra dica importante é que dos 3 mercados, apenas um aceita cartão. Não tem hospital lá, só uma farmácia.

Aproveitamos a tarde para compramos empanadas de frutos do mar (é uma infinidade de sabores, inclusive doces) e uma caipirinha no Quimera Bar, e depois ficamos curtindo a praia e o vilarejo. Foi um dos dias mais agradáveis e engraçados.

Gramado

Saímos de São Lourenço do Sul dia 29/01/2018 com destino a Gramado. O trajeto é de aproximadamente 317km, cerca de 04 horas de viagem. As estradas do Sul, na maioria dos trechos não são duplicadas, mas estão em excelentes condições.

No caminho paramos para confraternizar nossa primeira etapa de viagem, e tivemos a felicidade de encontrar a Churrascaria Molon, que fica em Camaquã, RS – BR-116, 388 – São CARLOS, entre os municípios de Camaquã e Tapes. O rodízio de carnes estava mais que saboroso, muito diversificado, atendentes atenciosos, educados, buffet com muitas opções, sobremesas divinas, principalmente o sagu que estava dos deuses e o abacaxi assado com canela. Se estiver procurando uma excelente churrascaria, a parada obrigatória é na lancheria e restaurante Molon.

A escolha perfeita para a estadia em Gramado foi o Morada da Montanha, situado bem no centro de Gramado, próximo a Igreja de São Pedro, do Palácio de Festivais, do bar de gelo e outras incríveis atrações. Praticamente conhecemos Gramado a pé, o que deixou nosso passeio muito mais atrativo.

Ficamos hospedados por três dias (29/01 a 31/01), tempo suficiente para conhecermos a cidade, Canela, Parque das Sequóias e Nova Petrópolis.

Os responsáveis pelo Morada da Montanha são super atenciosos e organizados. Tivemos todo o suporte necessário, o apartamento estava limpíssimo, arejado, super equipado e muito aconchegante. Super indicamos para quem deseja se hospedar em Gramado.

Gramado é um município do estado do Rio Grande do Sul. Localiza-se na Serra Gaúcha, mais precisamente na Região das Hortênsias. Sua população estimada em 35.047 pessoas habitantes. O município de Gramado foi criado pela Lei 2 522, de 15 de dezembro de 1954, após ser emancipado da cidade de Taquara. A região era habitada por índios caingangues e, posteriormente, foi colonizada por descendentes de açorianos, imigrantes alemães e italianos.

Um programa imperdível em Gramado é a sequência de fondue, oferecido em todos os restaurantes da região, composta pelo tradicional fondue de queijo, de carne e de frutas. Detalhe: você pode repetir à vontade (aproveitamos!!!!rsrsr). Escolhemos o Forttini Restaurante, localizado bem no centro de Gramado, praticamente ao lado do apartamento que escolhemos para a hospedagem. Só temos elogios a fazer, principalmente em relação ao atendimento atencioso e a preocupação se estavámos confortáveis e satisfeitos com o nosso pedido. Ponto muito positivo. Super indicamos para quem deseja aproveitar uma noite de frio, mas muito aconchegante e saborosa.

Está passeando por Gramado e deseja comer alguma sobremesa que não seja apenas chocolate? Então você deve ir ao Royal Trudel, uma opção de lanche rápido, que impressiona os visitantes de cara!!! Ao entrar, os clientes podem acompanhar todo o preparo desse genial doce, pois a cozinha é protegida apenas por um vidro, deixando todos extasiados com o cuidado, limpeza e a forma como são preparados.

O Trudel é nada mais nada menos do que um doce romeno muito popular em cidades como Praga e Budapeste. Encontrado em diversas barraquinhas nas famosas cidades do leste europeu, é tradicionalmente assado em espetos de madeira e forno a carvão. Consiste em uma massa de pão doce especial assada no espeto com açúcar e canela, possui diversas opções de recheio e adicionais variados!

Não podemos deixar de enfatizar que foi impossível comer um só! rsrsrs…inspirem-se com esse maravilhoso doce.

Canela

Canela fica aproximadamente 9km de Gramado, cerca de 18 minutos de carro e faz divisa com as cidades de Gramado, São Francisco de Paula, Caxias do Sul e Três Coroas.

Conhecer Gramado ou Canela é muito prazeroso, mesmo sem disposição rsrsrs!!!! As atrações estão relativamente próximas e há  inúmeras lojinhas de chocolate que dão água na boca.

A diferença entre Gramado e Canela fica por conta das atrações, já que uma parece extensão da outra. Para conhecer as atrações de Canela, como o Parque Estadual do Caracol (custa R$ 12.00 a entrada), Castelinho Caracol, ou Parque das Sequóias (Custa R$ 10,00 a entrada) você precisará ir de carro, mas é pertinho e com certeza vale a pena conferir.

Antes de chegarmos a Canela, nossa missão era encontrar um bom café colonial, já que é um programa tradicional da região, no entanto, tivemos a notícia de que os cafés coloniais funcionam geralmente de sexta a domingo e feriados. Como era uma terça-feira, estava muito difícil encontrar, pois em todos os cafés que paramos estavam fechados. Todavia, não desistimos e felizmente, encontramos um café colonial super especial entre Gramado e Canela chamado Gramado Café Colonial, aberto todos os dias das 11:30 às 21:30. O valor por pessoa estava R$ 65,00 e tivemos a melhor manhã de terça-feira de 2018, primeiro porque encontramos um café colonial e segundo porque, sem sombra de dúvidas, é o melhor café colonial que já saboreamos.

O atendimento foi impecável, o lugar é lindíssimo, e o menu inclui um café realmente generoso (dá uma conferida nesse link e fique de  boca aberta com a quantidade de itens servidos – quase não cabe na mesa rsrsrs). Se o seu passeio tiver como roteiro um excelente café não deixe de visitar, pois será uma experiência gastronômica incrível.

Café Torre Mirante 

Antes de chegarmos em Nova Petropólis, visitamos no caminho o Café Torre Mirante. Imagine tomar um café em um local com uma vista incrível. Pois é, às margens da RS-235, o local conta com um mirante com vista panorâmica do vale do Rio Caí. Para os noivos, esse lugar é mais do que romântico, já que conta com uma beleza impressionante.

Além do café, os visitantes podem conquistar a torre do mirante, através de uma escada em espiral. A bela edificação em arquitetura germânica convida a todos os viajantes que passam pela rodovia RS-235. Imperdível.

Parque do Lago

Após nosso passeio pelo café Torre, chegamos no Parque Lago, um espaço de compras e lazer localizado em Nova Petrópolis, trazendo à cidade uma nova proposta em turismo! Achamos o lugar maravilhoso, ambiente acolhedor e atendentes super simpáticos. Tivemos uma aula sobre os tipos de Lã de ovelha e visitamos o shopping de casacos confeccionados em lã de ovelha da raça Merino Australiano.
Fomos recepcionados pelo mascote do local (existem outros mascotes), chamado Max. Muito fofo e gentil com todos os visitantes, ele deve fazer muito sucesso no parque. O local serve café e possui alguns vinhos artesanais à venda, mas a produção não existe mais devido a mudança de negócio para o ramo da cervejaria.

Nova Petropólis

Esta simpática cidade fez parte do nosso roteiro e nos encantou com sua beleza, hospitalidade e atrações. Além de muito bonita, nos divertimos muito no labitinto verde (e dá pra se perder mesmo! rsrsrs). A distância de Gramado, onde nos hospedamos até Nova Petropólis é de aproximadamente 35km, cerca de 40 minutos de viagem.

Os imigrantes que chegaram a Nova Petrópolis desde 1858, eram na maior parte oriundos dos “Estados Alemães”: Pomeranos, Saxões, Renanos e Boêmios do Império Austro-Húngaro. Além destes, alguns franceses das regiões limítrofes franco-germânicos, holandeses, belgas, poloneses, russos até irlandeses e escoceses que haviam fugido dos Estados Unidos devido à Guerra da Sucessão.

 

#labrintoverde #novapetropolis

Publicado por Renato Novais em Segunda, 29 de janeiro de 2018

 

Parque das Sequóias

No último passeio desse roteiro foi dentro do parque das gigantes sequóias. Ficamos impressionados com a responsabilidade dos idealizadores do parque, principalmente pelo cuidado, conscientização e preservação de espécies tão ricas. As árvores são gigantescas e o local tem uma atmosfera muito agradável. Além das sequóias, são diversas espécies dividindo espaço no grandioso parque, inclusive ficamos cercados pelas queridas e lindas hortênsias. O ingresso custa R$ 10,00 e vale cada centavo!!! Não deixe de conhecer!

Localizado em Canela, a dois quilômetros da Catedral de Pedra, o Parque das Sequoias é uma coleção de árvores da família das coníferas – árvores que possuem frutos em forma de cone -, trazidas de todos os continentes, para serem observadas e estudadas.

Quando atingem o ápice de sua vida – que pode ser de até 3.000 anos – as sequóias podem chegar a 120 metros de altura – o equivalente a um prédio de 40 andares – e ter até 15 metros de diâmetro. Aqui no parque, as sequóias mais antigas estão na casa dos 70 anos, mas algumas já tem cerca de 40 metros de altura e um diâmetro de um metro e meio.

Viajar em grupo vale a pena?

Sem sombra de dúvidas!!!! Esse roteiro incrível foi super econômico para 04 pessoas. Veja os valores aproximados:

Hospedagem de 05 dias em duas cidades: R$ 100,00 para cada pessoa por 02 dias em São Lourenço do Sul e R$ 145,00 por 03 dias para cada pessoa em Gramado). No total cada um gastou por 05 dias R$ 245,00.

Aluguel de carro por 05 dias e combustível: R$ 100,00 para cada pessoa

Passagens aéreas compradas antecipadamente: R$ 291,00 ida e volta já com taxas

Imagina uma pessoa sozinha fazendo esse roteiro. Saíria infinitamente mais caro! Portanto, quer viajar? Vá em grupo e divirta-se!

E assim, terminamos mais uma viagem de muitas (se Deus quiser) que virão. Agradecimentos especiais aos meus primos queridos Fabiano, Jeane e Andressa que sugeriram esse roteiro incrível e que depois foi sendo aprimorado por todos nós. Amo vocês!!! Vamos viajarrrrr!!!

 

Gostaram?

Visitem Inspire Seu Casamento em nossas Redes Sociais


Bjs e até a próxima

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

avatar
  Subscribe  
Notify of