No outubro rosa, previna-se também contra o câncer de boca

Outubro Rosa é uma campanha de conscientização que tem como objetivo principal alertar as mulheres e a sociedade sobre a importância da prevenção do câncer de mama – dos fatores de risco, dos fatores de proteção e das medidas de detecção precoce relacionadas ao câncer de mama. Esse alerta acontece com mais intensidade no mês de outubro e tem como símbolo o laço cor de rosa. Em Brasília, todos os grandes monumentos se revestem com luzes na cor “Rosa” como um lembrete à população, visando à uma maior conscientização para a prevenção da doença.

O movimento começou a surgir em 1990 na Corrida pela Cura, realizada em Nova Iorque, desde então, é promovida anualmente na cidade. Entretanto, somente em 1997 é que entidades das cidades de Yuba e Lodi, também nos Estados Unidos, começaram a promover atividades voltadas ao diagnóstico e prevenção da doença, escolhendo o mês de outubro como marco das ações. Hoje, o Outubro Rosa é realizado em vários lugares do mundo.

Nessa campanha contra o câncer, o CFO também faz um alerta sobre a necessidade da prevenção contra o câncer bucal. “É preciso prevenir doenças na boca, pois muitas delas provocam até risco de morte. A higiene bucal também evita muitas infecções no coração, no pulmão, já que a infecção na boca pode se espalhar pela corrente sanguínea. Vamos nos conscientizar que uma higienização bem feita nos proporciona mais qualidade de vida”, afirma o presidente do CFO, Ailton Morilhas

Saúde Bucal: O Câncer bucal ainda é preocupante no Brasil e a prevenção é a maior inquietação da classe odontológica. Segundo o Instituto Nacional de Câncer (INCA), a doença ainda mata mais de 4 mil pessoas por ano. O CFO, preocupado com o crescimento da doença, trabalhou junto ao Congresso Nacional na aprovação do projeto que cria a Semana Nacional de Prevenção do Câncer Bucal (PL 3939/12). O objetivo é estimular ações preventivas e educativas, promover debates e outros eventos sobre as políticas públicas de atendimento integral a portadores de câncer bucal, apoiar atividades organizadas e desenvolvidas pela sociedade civil em prol do controle deste mal que envolve milhares de brasileiros, além de difundir os avanços técnico-científicos relacionados à doença.

Saúde bucal feminina – O Sistema CFO / CROs, em participação no Outubro Rosa, alerta o segmento feminino da população para os cuidados com a higienização da boca e da saúde em geral. De acordo com cirurgiões-dentistas, a mulher conta com cuidados especiais como mudança de hormônio na adolescência, na gravidez, na menopausa e nessas épocas elas ficam mais sensíveis ao acúmulo de bactérias e, consequentemente, mais expostas a gengivites, aftas, inflamações da mucosa bucal. A prevenção dessas doenças será mais efetiva com visitas frequentes ao cirurgião-dentista.

O cigarro e o álcool, além de potencializar o aparecimento de várias doenças, são os principais fatores de risco de câncer de boca – doença agressiva que pode mutilar o rosto e matar. Isso acontece porque o tabaco e o álcool causam alterações nas células da mucosa da boca e da pele, capazes de acelerar o crescimento das células cancerígenas e aumentar as chances de lesões e tumores.

Os homens são as principais vítimas, pois costumam fumar e beber mais. No entanto, com a mudança de hábitos, a doença também se alastra entre as mulheres, sendo, atualmente, o sétimo tipo de câncer mais comum entre elas. Em 2007, era o oitavo.

Ulcerações superficiais, com menos de 2 cm de diâmetro, indolores (podendo sangrar ou não) e manchas esbranquiçadas ou avermelhadas nos lábios ou na mucosa bucal, dificuldade para falar, mastigar e engolir, além de emagrecimento acentuado, dor e presença de linfadenomegalia cervical (caroço no pescoço) são sinais de câncer de boca em estágio avançado.

O câncer oral ou de boca envolve a região dos lábios e a cavidade interior da boca: pode afetar as bochechas, língua e embaixo dela (assoalho), o céu da boca (palato duro) e as amídalas. Em casos mais extremos, quando há metástase, pode chegar à região da orofaringe (pescoço) e subir para o rosto.

Além do álcool e do tabaco, a má higiene bucal e uso de próteses dentárias mal ajustadas são algumas das causas da doença.

Como prevenir o câncer de boca

– Evitar bebidas alcoólicas, principalmente se for fumante

– Não fumar

– Visitar o dentista regularmente

– Ter uma alimentação saudável

– Ter uma boa higiene bucal

– Manter dentes e próteses sempre em bom estado

– Evitar exposição ao sol ou usar protetor labial

– Fazer sexo oral apenas com proteção (camisinha)

Fonte: Instituto Nacional de Câncer (INCA)

Gostaram?

Visitem Inspire Seu Casamento em nossas Redes Sociais


Bjs e até a próxima

Renato Novais

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

avatar
  Subscribe  
Notify of